Pode começar a separar os documentos. A Receita Federal liberou nesta segunda-feira (25), o download do programa gerador do IR 2019. A partir do dia 7 de março, o contribuinte já pode apresentar a declaração do Imposto de Renda 2019, ano-base 2018. O prazo vai até o dia 30 de abril.

E tem multa pra quem perder o prazo: pelo menos R$ 165,74, podendo chegar a até 20% do imposto devido.

Como todo ano, quem entregar a declaração logo e sem pendências, recebe antes dos demais.  Idosos, deficientes físicos ou mentais e pessoas com doenças graves têm prioridade. As restituições começam a ser pagas em junho e vão até dezembro.

A declaração de IR é obrigatória para quem recebeu rendimentos tributáveis acima de R$ 28.559,70 no ano passado.

Novidades

E atenção porque tem mudança no IR 2019. A Receita agora exige CPF para todos os dependentes incluídos na declaração. Em 2018, só era obrigatório para crianças a partir de 8 anos.

Também será obrigatório passar mais dados dos bens dos contribuintes, como Renavam dos carros e número de matrícula e IPTU de imóveis.

1 0