Dúvidas sobre finanças pessoais! Você tem?

Pra quem é isento do IR, vale a pena investir em Previdência?

9 de outubro de 2018

Tenho 51 anos e cerca de $100.000,00 aplicados em previdência privada (PGBL e VGBL), a unica taxa que incide sobre ela é de 0,5% e o rendimento varia entre 100-110% da CDI. Sou isento da declaração de IR. Não pretendo mexer nesse dinheiro nos próximo 15 anos. É uma boa aplicação ou devo procurar outra coisa? Se sim, o que?
Grato





Estou insegura com relação à minha previdência. Será que fiz a melhor escolha? É melhor PGBL ou VGBL? Tabela progressiva ou regressiva?

27 de setembro de 2018

Fiz um PGBL há 5 anos, no Banco do Brasil, com depósitos iniciais mensais de R$ 400,00. Achei interessante, pois poderia descontar do IR, já que tenho desconto na fonte. Acontece que recentemente, recebi um comunicado do banco dizendo:” A partir de dezembro de 2017, o fundo BrasilPrev Multimercado Dinâmico, antes denominado BrasilPrev Composto 20, terá o limite mínimo de alocação em renda variável alterado de 15% para 0%, conforme previsto em regulamento. O limite máximo não sofrerá alterações permanecendo em 20%.”

Atualmente, a contribuição mensal está em R$549,55, é um PGBL Estilo, tributação progressiva, com saldo total nominal R$50.307,59.

Tenho 55 anos e escolhi essa aplicação, na época, porque na simulação, me daria R$ 1.500,00/mês depois dos 70 anos. Estou insegura e acho que posso investir melhor meu dinheiro. Solicito orientação.

Grata.
Rosane



Quem casa precisa de casa? É melhor comprar ou alugar?

26 de setembro de 2018

Minha noiva e eu vamos nos casar no fim do ano. E temos a seguinte dúvida: comprar ou alugar?

Achamos alguns sites na Internet que ajudam a tomar essa decisão, mas o cálculo é confuso, por isso gostaria da sua ajuda. As nossas informações são:

Financiamento –
Valor: R$ 700.000
Entrada: R$ 210.000
Juros nominal: 7,58 ao ano + TR
Juros efetivo: 7,85 ao ano (0,6317 ano mês) + TR
Tempo de financiamento: 30 anos (com possibilidade de redução para 20)
Parcela: R$ 4.500

Investimento –
Entrada: R$ 150.000
Valor do aluguel: R$ 2.500 /mês
Valor do investimento: R$ 2.500 /mês
Rentabilidade atual: 7,33 ao ano (0,5712 ao mês)
Inflação: 0,40 /mês
Tempo de investimento: 30 anos (com possibilidade de redução para 20)

Estamos tentados a morar de aluguel e investir no Tesouro e na Bolsa e comprar um imóvel daqui a 10, 15 ou 20 anos…

É o melhor caminho?





INSS ou Previdência Privada? Sou autônomo e estou em dúvida de como garantir a aposentadoria

12 de setembro de 2018

Bom dia, Mara!

Antes de tudo, gostaria de parabenizá-la pelo merecido sucesso do Letras e Lucros!

Tenho 28 anos e sou trabalhador autônomo (EIRELI). Recebo R$ 6.300,00 líquidos por mês. Trabalhei com carteira assinada por apenas 3 anos, não tenho saldo no FGTS porque já utilizei para a compra de um imóvel.

Hoje moro de aluguel porque o imóvel que comprei teve problemas com a construtora e não foi finalizado. Tenho um processo de distrato há quase 1 ano referente a esta obra. Meu investimento total neste imóvel foi de R$ 50.000,00 e não sei se vou conseguir recuperar.

Tenho reservas em Tesouro Selic no total de R$ 6.500,00 e tenho capacidade financeira de poupar cerca de R$ 2.000,00/mês. Minhas reservas estão baixas pois nos últimos anos não tenho sido dedicado às minhas poupanças e gastei mais do que deveria. Hoje estou me esforçando para investir, pelo menos, 30% da minha receita mensal.

A minha dúvida é: devo procurar um meio de fazer aportes mensais ao INSS ou aproveitar o fato de ser autônomo e investir em outro serviço (Previdência Privada, Seguros, etc)? Se a melhor resposta for “fugir” do INSS, quais produtos eu deveria pesquisar para investir?

Obrigado!





Recebi um dinheiro e quero saber se vale mais a pena investir ou quitar parte do meu financiamento imobiliário

5 de setembro de 2018

Boa tarde!

Preciso de uma orientação em relação a financiamento imobiliário. Fiz o financiamento do meu apartamento no início do ano. O valor do apartamento era R$ 340.000,00 e eu realizei uma entrada de R$ 120.000,00, ficando um saldo devedor de R$ 220.000,00.

A taxa de juros é de 10,5% ao ano. Tenho aplicado R$ 170.000,00 sendo que R$ 100.000,00 são em fundos de investimentos e R$ 70.000,00 em CDB. Recebi R$ 60.000,00 da minha empresa no final do ano e não sei se a melhor saída seria aplicar esse dinheiro ou amortizar parte da dívida do apartamento em função dos altos juros do meu contrato.

Qual seria a melhor saída?



Preciso escolher uma aplicação para pagar as despesas da minha tia que está em uma casa de idosos. Qual investimento vocês sugerem?

4 de setembro de 2018

Olá!

Vocês poderiam me ajudar? Minha tia está internada em uma casa de idosos e precisa pagar as mensalidades. Meu pai vendeu a casa dela e sobraram 200 mil reais que precisamos investir e usar os rendimentos para pagar a mensalidade.

Como os juros da poupança não cobrem o valor gasto mensalmente, precisamos de um investimento com liquidez mensal que renda o máximo possível para que somados à aposentadoria dela consigamos pagar as mensalidades.

Muito obrigada pela ajuda.



Como escolher um Fundo Imobiliário? É um bom momento para investir neles?

3 de setembro de 2018

Boa tarde, Mara!

Há 4 anos comecei a acompanhar seus comentários na CBN e na GloboNews. Hoje tenho aplicações no Tesouro Direto, CDBs e Fundos DI de banco.

Pretendo resgatar R$ 20.000,00 em um Fundo DI com taxa de administração de 1% para diversificar a carteira.

Tenho lido sobre Fundos Imobiliários, mas não sei como identificar qual o fundo seria mais adequado ao meu perfil.

Como e onde posso pesquisar os tipos de Fundos Imobiliários e suas características?

Obrigada!





12% a.a. é uma boa taxa para um título prefixado?

28 de agosto de 2018

Boa tarde!

Estou pensando em fazer um investimento em CDB prefixado de 5 anos que paga taxa de 12% a.a.

O investimento será no limite do FGC e o objetivo é complementar aposentadoria.

O que você acha? A taxa é baixa? É arriscado por conta das eleições? A taxa Selic pode aumentar? Sugere outro investimento?

Em tempo: não necessitarei desse dinheiro em 5 anos. Tenho 51 anos e vou fazer 2 aplicações em CPF diferentes no limite do FGC.



Close
FAZER PERGUNTA <
x

Ops!

Fazer uma pergunta é exclusivo para cadastrados (duas perguntas) e assinantes (perguntas ilimitadas).

CADASTRE-SE E FAÇA 2 PERGUNTAS ASSINE E FAÇA PERGUNTAS ILIMITADAS