Tenho a opção de aposentar (aposentadoria de professor) agora com redução de aproximadamente 30% do valor do teto máximo. Na regra atual, eu teria que esperar mais 4 anos (se não mudar nada na reforma da previdência). Será que é vantajoso aposentar agora e aplicar o dinheiro recebido do FGTS e os valores mensais que receberei de aposentadoria?

Olá!

Obrigada por dividir com a gente uma questão tão importante quanto essa! Olha, essa é uma decisão bastante pessoal, que envolve também a sua vontade de ter uma vida mais tranquila ou o seu gás pra trabalhar um pouco mais. O impacto que isso pode ter na sua qualidade de vida só você vai poder dizer. Por isso, a gente vai se ater às contas pra responder a sua pergunta, ok?!

Letras & Lucros conversou com o Theo Linero, planejador financeiro certificado pela Planejar (Associação Brasileira de Planejadores Financeiros). Ele explicou que pela regra atual do INSS, um professor pode se aposentar após 30 anos de trabalho, enquanto que uma professora, após 25 anos. Supondo que você se aposente aos 55 anos de idade e considerando uma expectativa de vida média do brasileiro de 76 anos, após sua aposentadoria, você teria em torno de 20 anos para receber um benefício correspondente a 70% da aposentadoria integral. Ou seja, a troca seria de 4 anos de trabalho a mais (para aposentadoria integral), por 30% a menos em sua aposentadoria por 20 anos neste exemplo.

“Para facilitar o exercício, vou utilizar valores fictícios de benefício-teto e proporcional. Imagine que o valor de aposentadoria teto é de R$ 5.000,00 e, aposentando hoje, você receberia algo em torno de R$ 3.500,00 (30% de 5.000). Como não tenho acesso ao valor que você receberá de FGTS ao se aposentar, para que seja o momento mais adequado, financeiramente falando, é necessário que o rendimento do FGTS aplicado corresponda, nestes primeiros quatro anos, ao valor que você deixará de receber ao se aposentar antecipadamente (R$ 1.500,00). No entanto, é importante que você perceba que ao final dos quatro anos, caso opte pela aposentadoria antecipada, seu capital acumulado deve ser suficiente para cobrir a diferença dos 30% que você deixou de receber e também os rendimentos que você poderia receber se aplicasse o FGTS recebido somente no tempo estabelecido para a aposentadoria integral”, explica Theo.

Para o planejador financeiro, a melhor opção do ponto de vista financeiro é que você trabalhe por mais quatro anos para conseguir a aposentadoria integral. Mas, claro, como a gente falou desde o começo: essa não é uma questão só de dinheiro.

Mas… E se aprovarem a Reforma?

É compreensível que você esteja preocupado com isso. Afinal, é bem provável que alguma reforma seja feita pelo próximo governo. “Isso poderá acarretar em um período maior até sua aposentadoria. No entanto, caso isso aconteça, deverá também ocorrer um período de transição da regra atual para a nova regra, momento no qual, possivelmente, a opção pela aposentadoria poderá ser realizada”, explica Theo Linero.  

 

CONTINUAR LENDO