Minha noiva e eu vamos nos casar no fim do ano. E temos a seguinte dúvida: comprar ou alugar? Achamos alguns sites na Internet que ajudam a tomar essa decisão, mas o cálculo é confuso, por isso gostaria da sua ajuda. As nossas informações são: Financiamento - Valor: R$ 700.000 Entrada: R$ 210.000 Juros nominal: 7,58 ao ano + TR Juros efetivo: 7,85 ao ano (0,6317 ano mês) + TR Tempo de financiamento: 30 anos (com possibilidade de redução para 20) Parcela: R$ 4.500 Investimento - Entrada: R$ 150.000 Valor do aluguel: R$ 2.500 /mês Valor do investimento: R$ 2.500 /mês Rentabilidade atual: 7,33 ao ano (0,5712 ao mês) Inflação: 0,40 /mês Tempo de investimento: 30 anos (com possibilidade de redução para 20) Estamos tentados a morar de aluguel e investir no Tesouro e na Bolsa e comprar um imóvel daqui a 10, 15 ou 20 anos... É o melhor caminho?

JP,

Antes de tudo: parabéns pelo casamento! Toda a equipe do Letras & Lucros deseja muitas felicidades a vocês.

Agora… Seguinte! O desafio é da vida a dois é grande e começar essa caminhada endividado talvez não seja uma boa. Você não falou, por exemplo, o quanto essa parcela do financiamento representaria da sua renda e isso é algo que você precisa levar em consideração.

Mas não é só isso: financiamento é uma dívida muito longa e pode ser que os planos mudem no futuro. Talvez vocês queiram morar fora do país, por exemplo. E aí ficaria mais complicado com um financiamento a perder de vista, entende?

Os especialistas dizem que o ideal é ter pelo menos 40% do valor pra dar de entrada e financiar apenas o restante.  No seu caso, pelos números que você mandou, você teria 210 mil reais para dar de entrada, o que  representa 30% do valor do imóvel. Se você tivesse uma uma entrada maior, gastaria menos com juros.

Enfim… É complexo, não é uma decisão fácil e não é uma dúvida só sua, JP. Por isso, a gente gravou Recado da Mara pra você!