Há cerca de dois anos, resenhei nesse espaço o livro “BrandIntelligence: construindo marcas que fortalecem empresas e movimentam a economia”, escrito por Jaime Troiano, que há mais de 25 anos se dedica a ajudar companhias a encontrar ou reencontrar o seu caminho. Agora, ele e sua mulher e sócia, Cecília Russo Troiano, lançam “Qual é o seu propósito?”, que trata da “energia”, como diz o subtítulo, que movimenta pessoas, marcas e organizações no século 21. Essa energia é o propósito, a força que move um negócio e o torna único.

Logo no primeiro capítulo, perguntas difíceis que devem ser feitas: o que o mundo perderia se a empresa fechasse as portas amanhã? Qual a verdadeira razão da existência do seu negócio? Por que você se dedica a essa atividade? A dupla se vale de Aristóteles para delimitar o propósito: “na interseção de seus talentos únicos com as necessidades do mundo encontra-se a sua vocação”, ou seja, ele está na confluência das demandas do ambiente externo com a soma dos talentos internos.

O livro propõe um roteiro para esse despertar do propósito: a metodologia, criada pela TroianoBranding, chama-se “rota do soul” e serve não apenas para empresas, mas também para indivíduos. Longe de se restringir a um “fetiche” limitado a atrair seguidores em redes sociais ou à criação de um slogan, estende-se como uma jornada que vai exigir compromisso e envolvimento.

O primeiro passo é o da “escavação”, nome que remete à arqueologia: um mergulho nos fundamentos essenciais da empresa, de resgate dos sonhos dos fundadores, que podem ter se corrompido ou ficado esmaecidos com o tempo. Em seguida, o mapa dos talentos, que permite identificar e potencializar as vocações que tornam aquele empreendimento singular: o que a marca tem de único; o que não costumamos ver em outro lugar; o que se destaca em sua área de negócios; o que traz sentido e orgulho.

O trabalho traz ainda casos de sucesso que utilizaram a metodologia, facilitando a compreensão do passo a passo de organizações que decidiram mergulhar fundo em sua história para dar mais consistência ao futuro. Pesquisa anual da consultoria Accenture, intitulada Global Consumer Pulse Research, mostrou que quase dois terços dos consumidores esperam que as empresas criem produtos e serviços que tenham um propósito para a sociedade, como estimular hábitos saudáveis ou se comprometer com a sustentabilidade. Os conselhos de Troiano valem ouro.

CONTINUAR LENDO
1 0