• Inflação teve aceleração para 0,75% em março deste ano. Este é o maior resultado para o mês desde 2015. No acumulado dos últimos 12 meses, o IPCA apresentou alta de 4,58%. Meta do governo para o índice em 2019 é de 4,25%.

 

  • Relatório do Fundo Monetário Internacional (FMI) aponta que rombo nas contas públicas brasileiras pode chegar aos 100% do Produto Interno Bruto (PIB) em um prazo de cinco anos. Estudo estima que endividamento bruto alcançará 97,6% do PIB em 2024. Para este ano, projeção é de 90,4%.

 

  • Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) anunciou redução de cerca de 25% no orçamento do Censo Demográfico de 2020. Medida ocorre pelas restrições orçamentárias impostas pelo governo. Inicialmente, custo operacional da pesquisa estava estimado em R$ 3,4 bilhões.
1 0