Uma pesquisa da Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL) e do Serviço de Proteção ao Crédito (SPC) revelou que a inadimplência aumenta conforme o consumidor fica mais velho. No mês passado, subiu 11,8% o número de inadimplentes com idade entre 65 e 84 anos. Para quem tem entre 50 e 64 anos, o aumento foi de 8,5%.
Já com relação à população mais jovem, a inadimplência caiu em novembro. Entre devedores de 18 a 25 anos, a queda foi de 22,3%.
Dificuldade de pagar as contas na terceira idade
A pesquisa mostrou ainda que 21% dos aposentados continuam trabalhando. Quarenta e oito por cento não largam o batente porque querem se sentir mais produtivos. Mas quase o mesmo percentual (47%) alega que precisa trabalhar porque a renda não é suficiente para pagar as contas.
Para Marcela Kawati, economista-chefe do SPC Brasil, os dados refletem um novo momento do país com expectativa de vida mais alta. É preciso pensar nisso desde a juventude. “Percebe-se, muitas vezes, que os idosos não se prepararam para este momento e os ganhos com a aposentadoria acabam não sendo suficientes para manter o padrão de vida desejado”, avalia.
Veja este especial da Mara Luquet sobre previdência privada para se preparar bem para terceira idade
1 0