É pesado mesmo: IPVA, IPTU, material escolar, uniforme… Se a gente não tomar cuidado começa o ano já com a corda no pescoço. Mas, calma, que Letras & Lucros vai ajudar você a fechar essas contas.

 

Vamos às dicas!

  1. Resista às tentações

Junto com todas essas despesas, vem um apelo do comércio pra gente gastar mais e mais em janeiro: 50%, 60%, 70% de desconto! Mas nada de sair por aí comprando por impulso, hein? Faça antes as contas pra ver se depois de pagar as contas vai sobrar dinheiro pra aproveitar as liquidações.

  1. Pesquise!

Vale a pena bater perna por aí pra garantir o melhor preço. Pegue a lista de material escolar das crianças e combine com outros pais de pesquisar. Cada um pode checar os preços em um estabelecimento e depois vocês trocam figurinhas em grupos de mensagens. O esforço compensa, viu? Uma pesquisa do Procon-SP mostrou que 2018 a diferença de preços em itens do material escolar chegou a 260%. Uma caneta esferográfica custava R$ 1,75 em um lugar e R$ 6,30 em outro. E olha que era idêntica: mesma marca e tudo.

  1. Não tenha vergonha de pechinchar

Vários estabelecimentos dão descontos pra quem paga à vista. Então, quando chegar na boca do caixa, pergunte! E, claro: não custa nada pedir um descontinho a mais, especialmente se a compra for grande.

 

  1. Prefira pagar à vista, mas só se não for se endividar

IPVA/IPTU: pagar à vista ou parcelar? Não tem uma resposta pronta. Depende das suas finanças. No Estado de São Paulo e no Rio de Janeiro, quem pagar o IPVA de uma vez só tem um desconto de 3%. Já em outros Estados, como Tocantins e Rondônia, o desconto é maior: 10%. Mas não adianta pagar à vista e se enrolar com outras contas. Analise a sua situação financeira antes de decidir. E o mesmo vale para o IPTU. O desconto varia de acordo com o lugar que você mora e só dá pra aproveitar se o orçamento permitir.

 

  1. Economize também nas pequenas coisas

Essa regra vale pro ano todo. Marque as suas despesas pra saber pra onde vai o seu dinheiro. Se não tiver paciência de fazer isso sempre, faça por um mês inteirinho que já vai ter uma ideia. Some os pequenos gastos, como sobremesa, lanche da tarde e café. E veja se tem como economizar. Você pode levar comida de casa em um período de muito aperto, por exemplo.

CONTINUAR LENDO
1 0