A gestão do presidente Jair Bolsonaro (PSL) divulgou o projeto o projeto da LDO (Lei de Diretrizes Orçamentárias), que prevê o valor do salário mínimo de 2020 a 2022. Para 2020, a proposta é de R$ 1.040. O valor repõe apenas os 4,2% da inflação prevista para o ano.

Na prática, a medida acaba com a regra que permite aumento real (acima da inflação). Até então, a fórmula para calcular o reajuste levava em conta o resultado do PIB, que é a soma dos bens e serviços produzidos no país, mais a inflação medida pelo INPC (Índice Nacional de Preços ao Consumidor). Quando a economia ia bem, o salário mínimo superava a inflação, estimulando também o consumo. Essa regra deixou de valer em janeiro deste ano. Para entrar em vigor, a mudança proposta pelo Governo Bolsonaro ainda precisa da aprovação do Congresso.

Alta do IPCA

A inflação oficial do país, medida pelo IPCA (Índice de Preços ao Consumidor Amplo), ficou em 0,75% em março, bem acima dos 0,43% de fevereiro. O valor é o maior para o mês desde março de 2015, quando chegou a 1,32%. Com o último dado, o índice acumulado em 12 meses avançou para 4,58%.

Ficou preocupado com tudo isso? Veja aqui o que fazer

1 0