Os aplicativos de transporte chegaram para ficar. Mas, estão na categoria daqueles gastos quase invisíveis e que podem, silenciosamente, comprometer boa parte do orçamento. Sem planejamento, de pequena corrida em pequena corrida, no final do mês, a coisa pode sair do controle.

Uma pesquisa do aplicativo de educação financeira Guiabolso com 193 mil usuários entre março e junho apontou que consumidores já gastam quase 10% da renda mensal com esse tipo de aplicativo. 

A pesquisa foi feita com os aplicativos Uber, 99 e Cabify. O porcentual da renda gasto de março a maio foram, respectivamente, 9,05%, 8,67% e 9,47%. O gasto médio desses usuários foi de R$ 118 em maio.

Planejamento

Separamos algumas dicas para te ajudar a não se perder no orçamento e a manter os gastos com aplicativos sob controle.

  • Aplicativos de finanças: Hoje já há vários serviços gratuitos de controle financeiro, sendo que alguns deles ajudam a separar seus gastos por categoria. Assim, dá pra saber quanto você gasta por mês com transporte, estipular uma meta e  detectar excessos. A nossa colunista Daniela Braun separou alguns para você aqui.
  • Aplicativos de comparação: recorra a apps que comparam o valor das corridas no momento de pedir o carro, sem precisar abrir e cotar aplicativo a aplicativo. Alguns deles: Vah, Vou D e o próprio Google Maps. 
1 0