O Ibovespa, principal índice da B3, a Bolsa de Valores de São Paulo, operou acima da marca dos cem mil pontos nos últimos dias. É que os investidores estão otimistas em relação à reforma da Previdência. O texto principal foi aprovado na Câmara em primeiro turno. A votação do segundo turno ficou para agosto. 

Com os papéis tão valorizados assim, pinta uma dúvida na cabeça do investidor: ainda dá tempo de surfar nessa onda? Muitos especialistas acreditam que, se a reforma realmente avançar, a Bolsa vai subir ainda mais, chegando ao patamar dos 120 mil pontos. Mas nada disso é certeza, por isso, é preciso avaliar o seu perfil e ver se você tem estômago para aguentar os altos e baixos da Bolsa. Até porque o crescimento não vai ser constante: a Bolsa vai variar conforme a expectativa em relação à reforma. Uma alternativa para tentar aumentar os ganhos, é comprar as ações em uma dessas baixas, quando elas estiverem mais em conta.

Agora, pra escapar da volatilidade do mercado, o ideal é investir na Bolsa a longo prazo. Se é isso que você tem em mente, conte com a ajuda da Mara Luquet para escolher que ações comprar. Mas, se você tem pressa para sacar os seus investimentos, aí a Bolsa não é a melhor opção porque pode acontecer de ter uma queda expressiva bem no período que você precisa resgatar.

1 0