• Banco Mundial faz alerta para o aumento do índice de pobreza no Brasil. Número de pessoas que vivem nesta situação teve acréscimo de 7,3 milhões desde 2014. Atualmente, 43,5 milhões de brasileiros, correspondente a 21% da população, vivem na linha da pobreza.

 

  • Dados da Fundação Getúlio Vargas (FGV) apontam alta de 0,67% no Índice de Preços ao Consumidor – Classe 1 (IPC-C1). Amostra mede variação nos preços de serviços e produtos para famílias com renda entre um e 2,5 salários mínimos. Acumulado dos últimos 12 meses é de 5,42%.

 

  • Mercado financeiro se mantém estável no encerramento da semana de olho na articulação política em Brasília. Até as 16h56 desta sexta-feira (05), o Ibovespa operava em alta de 0,85%, atingindo a marca dos 97.134 pontos.
1 0