Quase quarenta por cento (38,9%) dos desempregados do país estão há mais de um ano na luta por uma oportunidade. É a realidade de 5,2 milhões de brasileiros, segundo dados do IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística).

Na fila do emprego, o drama é ainda maior para 3,3 milhões de pessoas que estão desocupadas há mais de dois anos. Seis milhões de brasileiros entraram nas estatísticas do desemprego há mais de um mês e menos de um ano. A taxa de desemprego no país no primeiro trimestre subiu para 12,7%, atingindo 13,4 milhões de brasileiros.

O que fazer?

A crise econômica acabou tirando muita gente boa do mercado. E, com tanta concorrência, fica mesmo difícil conseguir uma vaga. Pra se destacar, é importante ter qualificação. Aproveite o tempo ocioso para estudar. Há vários cursos gratuitos, presenciais ou online, que podem ajudar nessa hora.

Se for chamado para um processo seletivo, não se esqueça de pesquisar sobre a empresa. Mostrar que conhece a história e os valores da companhia são pontos que os recrutadores valorizam bastante.

E não custa lembrar: saia de casa bem antes do horário marcado pra não correr o risco de chegar atrasado. Mostre que quer muito trabalhar.

1 0