Na nossa sociedade, o dinheiro é um elemento complexo que pode representar desde trabalho, acesso à educação, saúde, moradia, segurança e liberdade até poder, posse, afeto, morte da infância ou vitória sobre um rival.

“Por meio dele podemos manifestar tanto a nossa loucura quanto a nossa sabedoria”, afirma a psicóloga Camila Miranda, autora do livro “Saúde financeira, uma questão emocional”, lançado este ano pela editora Sou.L.

Segundo ela, todos se preocupam com dinheiro, mas cada um tem uma forma particular de expressar e vivenciar essa preocupação. “A preocupação depende mais do significado, muitas vezes oculto, que o dinheiro tem para a pessoa,do que diretamente da sua conta bancária”, afirma.

O tema é tratado em linguagem clara, embora revelando de vez em quando certo tom clínico e acadêmico. Nada que impeça qualquer um de ler e se identificar com os perfis traçados pela autora que é psicóloga clínica formada pela PUC-Rio, com mestrado em Psicologia do Desenvolvimento pela University College de Londres.

A proposta é oferecer uma possibilidade de reflexão a partir de exercícios práticos inéditos que ajudam a visualizar os padrões familiares que interferem nas respostas às situações financeiras.

1 0