Tenho 43 anos, sou assalariado há 21 anos, contribuindo com o teto máximo da previdência social há 18 anos. Em breve deixarei de ser assalariado e passarei a ser empresário, contribuindo nessa categoria. Pretendo me aposentar no limite máximo da idade com o máximo da previdência para não incidir o fator previdenciário. Minha dúvida é: se eu contribuir com o máximo somente nos últimos 5 anos de minha vida laboral, ou seja, dos meus 60 anos até 65 anos, manterei aposentadoria com o teto máximo mensalmente

 Segundo Rogério Araujo, diretor da TGL Brasil Insurance, empresa de consultoria na área de seguros e previdência, aumentar para o teto máximo as contribuições nos últimos 5 anos, 60 meses de contribuição, não garante ao participante do sistema da previdência social um benefício do teto ou próximo a ele, uma vez que o benefício é calculado sobre a média de 80% das maiores contribuições de Julho/94 à data de requisição da aposentadoria. Portanto é interessante, caso desejar assegurar um benefício maior junto ao INSS, é importante manter desde já as contribuições sobre o teto.

"Alguns participantes ainda têm em mente a antiga regra, alterada em 1994, quando o benefício era calculado sobre a média dos últimos 60 meses, o que não mais procede", diz Araujo.