O saldo da balança comercial alcançou US$ 67 bilhões em 2017. Foi o maior da história. Recomenda-se, no entanto, comedimento nas celebrações do grande feito. Tanto as exportações como as importações ficaram bem abaixo dos recordes. Entre 2011 e 2017, as exportações caíram 15%, enquanto as importações recuaram 24%. Neste período, houve forte redução dos preços dos produtos exportados (principalmente commodities), da ordem de 28%. Do lado das importações, a própria recessão explica em grande parte a queda. A pequena recuperação da economia em 2018 deve forçar um aumento das importações. O saldo esperado é de US$ 52 bilhões apenas, 22% menor que o do ano passado.

1 0