As coisas não vão bem no serviço? Está sendo mal aproveitado, ignorado? Você pode tentar ser mais proativo, pedir para ser incluído em novos projetos. Se nada acontecer, não dá para acreditar que a situação vai melhorar, então é bom começar a se mexer, mesmo que o cenário não seja animador. Pior é ser demitido sem estar minimamente preparado. Portanto, que tal tomar as primeiras providências para estar pronto quando surgir uma chance? Os MBAs que formam gestores costumam usar a análise SWOT para buscar pontos forte e fracos nas empresas, mas esse exercício pode ser feito para a própria carreira – aliás, até para a vida amorosa! SWOT, em inglês, são quatro letras que significam forças (strenghts); fraquezas (weaknesses); oportunidades (opportunities); e ameças (threats). Faça essas perguntas a si mesmo: quais são suas maiores qualidades, as forças que o distinguem dos demais? Por exemplo, você se comunica bem e isso poderia ser um trunfo numa outra ocupação? Tem dinheiro guardado para enfrentar uma temporada de desemprego?

Quais as fraquezas, os pontos fracos que te deixam para trás em relação aos concorrentes? No seu trabalho todos falam outra língua e só você é monoglota? Que oportunidades pode aproveitar? A empresa quer demitir e esta seria a hora certa para pegar as verbas rescisórias e se tornar dono do próprio negócio? Tem parentes que vivem em outra cidade que ofereça mais chances profissionais? E que ameaças podem fazer seus planos irem por água abaixo? Se a crise se estender até o fim de 2018, o que é uma hipótese bastante plausível, qual será seu plano B para ir tocando o barco? Voltar para a casa dos pais, morar com amigos, cortar que tipo de despesas?

Todos trabalharemos por um período mais longo de tempo que nossos pais e avós, por isso é importante ter afinidade e prazer com o que se faz. Mas atenção, porque não há empresa perfeita, por isso não idealize que tudo será melhor num próximo emprego. Se não achar um lugar no qual queira trabalhar, pense na possibilidade de criar um: comece pequeno, vá corrigindo as falhas e ganhando musculatura aos poucos. Com certeza as segundas-feiras deixarão de parecer tão deprimentes.

 

 

 

CONTINUAR LENDO
1 0