Está cada vez mais comum fazer as malas depois da aposentadoria, trocar de cidade e até mesmo de país como uma forma de fazer com que sua pensão renda mais.

Um bom lugar para viver depois de aposentado deve contemplar:

·         Custos médico e hospitalares baratos,

·         Clima ameno,

·         Baixos índices de violência,

·         Qualidade de vida,

·         Benefícios fiscais,

Custos de vida mais baixos de uma maneira geral para que os seus recursos financeiros sejam maximizados e qualidade de vida para otimizar seu maior patrimônio sua saúde.

São esses alguns dos principais pontos que a publicação International Living leva em conta para fazer seu ranking anual dos melhores países para se viver depois de aposentados. O ranking de 2016 traz esses dez países como os melhores destinos por reunirem essas características e algumas mais, como benefícios fiscais e outros. Eis o ranking:

1-      Panamá

2-      Equador

3-      México

4-      Costa Rica

5-      Malásia

6-      Colômbia

7-      Tailândia

8-      Nicarágua

9-      Espanha

10-   Portugal

 

A íntegra da publicação da International Living está aqui

1 0