Toda vez que um banco está para fazer um empréstimo, olha a posição do devedor no SCR – Sistema de Informações de Crédito do Banco Central.

Pelo computador ali, na hora, o gerente fica sabendo se o futuro tomador tem outros empréstimos, quanto no total, em quais linhas ele está (imobiliário, leasing, consignado) emprestado, quanto já pagou e quanto ainda deve ao sistema.

A partir dessas informações, e com base nos outros dados disponíveis – renda, garantias, fiadores, etc. –, o gerente toma a decisão de emprestar ou não.

Mas essa informação não é exclusiva do banco. Qualquer cidadão brasileiro – pessoa física e jurídica – pode ter acesso à sua própria posição no SCR.

 

Se você quiser saber o que o SCR diz a seu respeito, siga estes passos:

1.      Vá a uma unidade do Banco Central – há dez espalhadas pelo país, veja os endereços e telefones aqui.

2.      Leve documento de identidade original com foto e solicite ao funcionário seu relatório do SCR. Ele está orientado a imprimir na hora.

3.      Se não residir em alguma das cidades onde está o BC, entre no site e imprima o Formulário para pedido de informações pessoais – pessoa natural.

4.      Preencha, assine, reconheça a firma no cartório, anexe cópia autenticada do RG e do CPF e encaminhe por correio ao BC.

5.      A resposta será enviada pelo correio e será entregue apenas ao destinatário (serviço “mão própria” dos Correios), ninguém pode receber por ele.

6.      A burocracia é necessária para garantir o sigilo bancário. No entanto, há instruções no formulário para realizar o pedido através de procuração.

 

http://www.bcb.gov.br/?scr

CONTINUAR LENDO
1 0