Alimentação saudável é condição essencial para ter boa saúde.

E quem trabalha fora enfrenta diariamente o risco de comer pouco, comida de baixa qualidade, correndo e estressado, o que vai no sentido contrário da boa saúde.

Mas uma investigação realizada pela empresa Sodexo Benefícios e Incentivos trouxe dados que mostram uma situação ainda mais preocupante. Além dos riscos alimentares e de saúde, os trabalhadores também administram mal o dinheiro destinado à alimentação.

Em uma pesquisa pela internet, realizada entre os dias 18 e 20 de abril, a Sodexo perguntou a 1.178 usuários de seus cartões alimentação se o saldo do benefício dura o mês todo?

A resposta da grande maioria (81%) foi não.

Quando se pedia para explicar o motivo, 42% disseram que o valor é baixo e que os restaurantes são caros; 16% explicaram que não dura porque eles utilizam o benefício no fim de semana.

Embora não seja proibida a utilização do cartão refeição nos finais de semana, na verdade o valor individual é calculado para uso apenas em dias úteis.

Dos 19% que responderam que “sim, dura o mês todo”, 59% disseram que o motivo é a utilização em restaurantes com preços mais baixos; 21% disseram que só utilizam em dias úteis e 18% disseram que os restaurantes próximos ao trabalho são baratos.

A terceira pergunta da pesquisa foi: “quando o crédito acaba, o que você faz? ”

Mais da metade dos respondentes (51%) disseram que procuram melhores preços porque é com o dinheiro deles.

O que é um equívoco porque o dinheiro do cartão é do trabalhador, não da empresa.

Foto: Pixabay

1 0