Por Danylo Martins

A falta de informação e o medo de perder o capital investido são fatores que ainda afastam as pessoas do investimento em ações, explica Amerson Magalhães, diretor da Easynvest Título Corretora. Ele destaca alguns mitos e algumas verdades sobre a aplicação em renda variável:

1. Investir em ações é complicado e caro – MITO: Ao contrário do que muita gente pensa, investir em ações é mais simples do que parece. Basta fazer o cadastro em uma corretora de valores ou buscar a corretora do próprio banco onde você tem conta. Com pequenos valores já é possível investir e a recomendação de Magalhães para investidores iniciantes é justamente começar com quantias menores.

2. É fácil ganhar dinheiro com ações – MITO: Quem investe em ações deve ser resiliente, paciente e cauteloso. É preciso sempre fica atento &aagrave;s notícias e ao comportamento das empresas que fazem parte da sua carteira. Acompanhar o desempenho da companhia é fundamental, afinal quem compra se torna sócio da empresa.

3. Rendimentos em ações têm cobrança de Imposto de Renda – VERDADE: Quando o valor das vendas no mês superam R$ 20 mil, o investidor deve recolher o imposto sobre o total dos ganhos (alíquota de 15%). Caso feche o mês com prejuízo, pode acumular esse valor para compensar com ganhos em meses posteriores. Para operações iniciadas e encerradas no mesmo dia, chamadas de day trade, a alíquota é de 20%. O diretor da Easynvest lembra que todos investidores que realizaram operações em bolsa devem fazer a declaração de renda variável, mesmo que não tenham obtido ganhos no período. “A apuração do resultado do investimento em ações é mensal e deve ser realizada pelo próprio investidor.”

4. A Bolsa é um cassino – MITO: No cassino você faz sua aposta e conta com a sorte. Na bolsa, é preciso analisar as empresas antes de investir. O resultado depende da estratégia adotada para selecionar os papéis que farão parte da sua carteira. Lembrando que é importante olhar para companhias que pagam bons dividendos e possuem tradição e histórico no mercado em que atuam.

5. Ações podem ser opções para aposentadoria – VERDADE: Por ser tradicionalmente de longo prazo, o investimento em ações é uma boa opção para quem está formando a reserva para aposentadoria. Vale a pena incluir na cesta de aplicações uma fatia de ações, lembrando que trata-se de um dinheiro para ser usado lá na frente.

6. É possível investir sem ter de comprar ações de diversas empresas – VERDADE: Para reduzir o risco do investimento em ações, o investidor pode buscar a diversificação da sua carteira. A regra vale tanto para o pequeno investidor quanto para aquele que possui mais recursos. Uma alternativa são os chamados ETFs (Exchange Traded Funds), fundos espelhados em índices e suas cotas são negociadas em Bolsa assim como as ações.

 

CONTINUAR LENDO
1 0