É um vai-e- vem só. Na segunda-feira, dia 8, depois do primeiro turno da eleição, o dólar caiu 2,31%. Mas nesta quarta registrou alta de 1,42% e fechou a R$ 3,7617.

O valor ainda é bem menor do que o registrado em agosto, quando a moeda norte-americana chegou a custar mais de R$ 4 pressionada pelas incertezas do período eleitoral e também por questões externas, como explicamos aqui no Letras & Lucros.

Diante de tudo isso, vale o conselho dos especialistas: comprar dólar aos poucos, várias vezes até chegar o dia da viagem. Com isso, você garante uma cotação média da moeda. Outra dica é dar preferência para dinheiro em espécie pra fugir de um IOF bem mais alto. Para cartão pré-pago ou de crédito, a alíquota é de 6,38%. Já para dinheiro vivo é 1,1%. E claro: pesquise muito! Não compre na primeira corretora que aparecer. Veja mais dicas aqui.

1 0