Colunistas

Três resoluções para qualquer ano novo

5 de janeiro de 2016

 A conversa ainda é sobre 2016, mas também sobre 2017, 2018 e tantos outros que estão por vir. Com tão pouco otimismo dos brasileiros para receber um novo ano, fui buscar nos estudos de finanças comportamentais resoluções que podem nos ajudar a melhorar nosso humor e nossas finanças em qualquer tempo.

 
1-      Emoções – os

2016?! Que aconteceu? Você nem começou, já está nessa situação?

4 de janeiro de 2016

A pergunta foi feita pelo cronista Antônio Prata quando se deparou com o ano novo em sonho. “É que eu venho de 2015, meu filho. Eu sou 2015! 2015 rebatizado. Rebatizado, ouviu bem? Não recauchutado, nem remasterizado: Re-ba-ti-za-do”, respondeu 2016 ao talentoso cronista.
O texto publicado na edição de ontem da Folha de São Paulo

Reforma tributária, mais uma vez postergada

29 de dezembro de 2015

Outro ano termina e, mais uma vez, são postergadas reformas importantes, entre elas a tributária. Nesse caso nem se pode jogar a culpa totalmente na crise política atual porque a verdadeira reforma tributária parece nunca encontrar espaço na agenda do governo e do congresso.
Estamos todos exaustos com a alta carga de impostos em

Momento de diálogo

28 de dezembro de 2015

No ano que passou recebemos diversas perguntas de leitores – alguns já em desespero – pedindo ajuda/orientação para sair de situações dramáticas de endividamento.
Alguns mais preocupados com as cobranças do que propriamente com a dívida. Esses geralmente ultrapassaram todos os limites – cartão, cheque especial, crediários, empréstimos familiares e de amigos – e, atropelados

Verifique seu plano de previdência

17 de dezembro de 2015

Guardar dinheiro para a aposentadoria é decididamente um bom negócio. Porém, os instrumentos para essa poupança devem estar sempre calibrados. Um Imposto aqui, uma taxa de administração ali, um carregamento acolá podem corroer a rentabilidade do plano de previdência ao longo do tempo.
Isso sem contar a inflação.
Hoje aqui no portal temos uma planilha bem

É hora de revisar seus investimentos

11 de dezembro de 2015

 A inflação voltou ao patamar de dois dígitos. Segundo o último relatório do IBGE, o principal índice de preços da economia brasileira, o IPCA, fechou novembro em alta de 1,01%. Isso significa que a inflação acumulada em doze meses chegou a 10,48%, o maior percentual desde novembro de 2003.

Como eu venho dizendo nos comentários

Sistema bancário é vacinado

9 de dezembro de 2015

Em tempos de bancos envolvidos na operação Lava Jato, é bom lembrar que o Brasil tem um excelente instrumento de proteção de pequenos correntistas e poupadores contra quebras de instituições financeiras: o Fundo Garantidor de Crédito (FGC).
Entidade civil sem fins lucrativos, o FGC foi criado em 1995 com capital colocado pelos próprios bancos, sob

Frenesis da bolsa devem ser vistos com reserva

4 de dezembro de 2015

A reação do mercado de ações à abertura do processo de impeachment da presidente Dilma Rousseff deve ser vista com muita cautela. A alta de 3% na quinta-feira já foi revertida na sexta-feira e esse rápido movimento mostra o quão especulativo está o mercado.
Os investidores e operadores da bolsa jogaram na expectativa de que

Bom momento para renegociação de dívidas

2 de dezembro de 2015

A queda de 4,5% da atividade econômica no terceiro trimestre em relação ao mesmo período do ano anterior foi muito pior que o esperado. Os números divulgados pelo IBGE apontam para que 2015 seja o mais longo período de recessão desde o governo Collor – que confiscou o dinheiro das contas bancárias em 1990.

Educação pode ser melhor investimento que abrir empresa

30 de novembro de 2015

Relatório divulgado há pouco pela Serasa Experian mostra que o número de empresas criadas por necessidade no Brasil continua crescendo.
Em setembro foram abertas 173.405 novas empresas no total, 1,3% mais que em agosto.
Somando todas as empresas criadas nos nove primeiros meses de 2015, o número é de 1.522.988, um aumento de 4,5% comparado

Close
FAZER PERGUNTA <
x

Ops!

Fazer uma pergunta é exclusivo para cadastrados (duas perguntas) e assinantes (perguntas ilimitadas).

CADASTRE-SE E FAÇA 2 PERGUNTAS ASSINE E FAÇA PERGUNTAS ILIMITADAS