O Bitcoin entrou sem sua terceira semana consecutiva de queda chegando perto dos US$ 8 mil. O impacto também foi sentido por outras moedas como Ehereum e Ripple, que estão em segundo e terceiro lugares em volume de capitalização, no ranking da Coinmarketcap.

Na sexta-feira, mais de US$ 100 bilhões foram retirados do mercado global de criptomoedas. Os principais motivos envolvem o temor de restrições pesadas à circulação de criptomoedas especialmente na Índia e a suspeita de que o valor do bitcoin pode ter sido manipulado pela exchange Bitfinex, uma das maiores bolsas de negociações de criptomoedas do mundo.

É difícil fazer previsões diante da alta volatilidade das criptomoedas. O que a gente tem visto é muita insegurança e um movimento maior de venda especialmente diante da preocupação cada vez maior de governos e autoridades reguladoras de diversos países quanto ao crescente número de investidores que partem para essa modalidade de investimento de risco.

Há também quem aproveite os períodos de baixa para testar esse novo mercado ou então ampliar a carteira virtual esperando pela bonança depois de uma longa tempestade.

Mande sua pergunta aqui pra gente pelo post ou pelo e-mail ibolso@letraselucros.com.br e continue acompanhando as dicas do canal.


Bitcoin na fase da tempestade
Baixar podcast 1 0